O INW comemora hoje 3 anos de existência, e mesmo com poucos anos podemos reafirmar que alcançamos grandes conquistas. Mais de 10 mil pessoas já foram diretamente beneficiadas em 20 cidades brasileiras.

Para celebrar a data, lançamos nosso primeiro Relatório de Impacto Social. Nele, é possível conhecer todos os projetos já desenvolvidos. O relatório está disponível no final desta página.

Nascemos com a missão de fomentar o empoderamento social, e trabalhamos para o alcance de uma educação inclusiva e equitativa de qualidade, para que pessoas em estado de vulnerabilidade possam ter o poder de decisão e escolha sobre sua própria vida.

Durante esse tempo estamos nos doando e trabalhando junto com a comunidade, alcançando vários estados da Federação, vendo histórias serem transformadas com um objetivo principal: a justiça social.

Hoje celebramos cada relato de vidas de educadores e educandos, que embarcaram conosco na jornada do conhecimento, absorvendo e contribuindo, numa dinâmica colaborativa, entendendo o protagonismo de todos os atores nessa relação.

Celebramos as organizações parceiras ao redor desse país, que nos acolheram e acreditaram em nosso trabalho, possibilitando uma parceria sólida, de respeito, empatia e confiança.

Celebramos os projetos desenvolvidos e apoiados pelo instituto, por promoverem impacto social, por contribuir com a transformação da sociedade e que vão ao encontro das necessidades de cada realidade.

Celebramos os colaboradores NWADV que oferecem suporte técnico e jurídico ao INW, que se engajam para compartilhar conhecimentos e informações às organizações sociais, que inspiram jovens com ensinamentos de vida, cumprindo com seu propósito pessoal e profissional e agregando valores à vida de outras pessoas.

Por fim, agradecemos a equipe INW que atua, todos os dias, de coração e com propósito, comprometidos com a sociedade. Juntos, fazemos a diferença na vida de tantas pessoas. Se hoje celebramos 3 anos, é devido ao engajamento e dedicação de todos.

Clique aqui para acessar o relatório!

Com carinho,
Dra. Anne Carolline Wilians

Tags: