INW comemora 4 anos de fundação e de impacto social

Por Anne Carolline Wilians, Fundadora e Presidente do Instituto Nelson Wilians.

Estamos em tempos desafiadores, principalmente no que se refere às diversas desigualdades, que foram acentuadas desde o início da pandemia. Nós, do Instituto Nelson Wilians, não nos isentamos da nossa responsabilidade e compromisso com a justiça social. Para isso, realinhamos as estratégias de atuação de 2020, executando e apoiando projetos que atendessem demandas sociais emergentes como: Programa Conexão GTC Solidária, Projeto Justiceiras e o INW CONECTA. Falaremos deles mais à frente.

Foi muito especial para nós perceber tantas pessoas, organizações e empresas parceiras dispostas a unir forças na execução de programas, e na promoção da equidade, diversidade e inclusão. Mesmo em meio às sequelas da crise sanitária que ainda estamos atravessando, e que se desdobra em crises financeira e social, é acalentador perceber o senso de comunidade e o desejo de contribuir com conhecimento, motivação e recursos diversos. Fica claro o quanto é valioso manter alianças, redes e comunidades fortalecidas, a fim de possibilitar a garantia de direitos e educação de qualidade.

Nossas iniciativas de responsabilidade social têm como propósito a emancipação das pessoas e a promoção da justiça social. Por meio delas queremos possibilitar conhecimento daquilo que deveria ser parte da formação de todo cidadão: o seu direito.

Para evidenciar ainda mais para quem fazemos tudo isso, refizemos a nossa marca. Estamos com uma nova identidade visual, e ela nos mostra o que há de mais importante: o ser humano. As pessoas são e estão no centro da nossa missão e das iniciativas e ações.

Portanto, o convite que faço ao ler nosso Relatório de Impacto Social 2020 é: aprimorar nossa sensibilidade social, encarar as diferenças existentes de forma respeitosa, elaborar e participar de estratégias para fortalecer e promover a equidade. Junte-se a nós e faça o que está a seu alcance nesse momento. Um dia me ajudaram a fazer exatamente esse caminho. Felizmente, ele não tem volta.

Clique aqui e conheça nosso relatório de impacto social 2020.
Tags: