Conheça o resultado do Edital para mulheres empreendedoras

Foi realizado nesta quarta-feira (03) o Pitch com os 7 negócios de impacto social fundados e geridos 100% por mulheres. Na banca de avaliação dos negócios, além da presença da presidente e fundadora do Instituto, Anne Wilians, também foram convidadas Ana Fontes, empreendedora social e fundadora da Rede Mulheres Empreendedoras, e Aline Decarli , especialista em Investimento de Impacto na SITAWI Finanças do Bem.

Após ouvir as propostas, e considerando os critérios previstos no Edital, a banca avaliou também a maturidade do negócio, a aplicação e adicionalidade do recurso, o potencial de impacto financeiro e social e a escalabilidade do negócio. Assim, as iniciativas selecionadas foram:

  • Afroimpacto: Fundada em março de 2019 em Salvador-BA pela Tamila, a AFROIMPACTO é especializada em diversidade, realizando ações como Programas de Desenvolvimento, Treinamento Corporativo e Consultorias. Com o recurso, pretende testar um MVP de cursos online gravados, cursos curtos e vitalícios que ficarão disponíveis na plataforma; disponibilizar master curso gravado com todos os conteúdos básicos e introdutórios, com abertura de turmas sazonais; criar uma plataforma de cursos e conteúdos de afroempreendedores no formato de streaming.
  • Renca Produções: Fundada em 208 por Denise, Gabriela e Natalie, a Renca é uma produtora de audiovisual e interações culturais formada por mulheres negras na busca da democratização do acesso e criação de produções inclusivas e representativas. Com o recurso, pretendem estruturar sede própria para a empresa; contratar profissional responsável pela área financeira; potencializar a presença nas redes sociais; garantir capital de giro para gastos fixos.

“Está sendo uma experiência incrível para o Instituto, que resolveu investir em Editais totalmente geridos por mulheres. Parte desse desejo parte de um momento da minha vida pessoal, mas vem especialmente da necessidade da reparação histórica com relação ao nosso gênero. O olhar para a mulher faz parte do core do Instituto, e esse edital coincide com o mês da mulher, uma comemoração de lutas e direitos conquistados”, celebra Anne Wilians.

O INW agradece a parceria e disponibilidade da Ana Fontes e da Aline Decarli, que participaram da banca de avaliação, agregando sugestões e se colocando à disposição para contribuir em conhecimento com todas as iniciativas. Agradece também a confiança de todas as mulheres que compartilharam suas histórias pessoais e profissionais, e que desejam se somar ao Instituto na missão de reduzir a desigualdade de gênero por meio do empoderamento da mulher.

Tags: