Expansão do Projeto Compartilhando Direito

No mês de março o INW fortaleceu suas raízes em outros Estados com o projeto Compartilhando Direito. Nosso programa de  voluntariado chegou às unidades de Pernambuco, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.  

O mês da mulher não passou despercebido e foi bastante comemorado em nossas ações sobre o tema do Direito da Mulher  que alcançaram 5 organizações sociais  e beneficiaram mais de 110 pessoas.

O INW aposta na responsabilidade social e no desenvolvimento sustentável, com esse foco engajamos profissionais  das filiais do  NWADV à participação no voluntariado. Desta forma, o Compartilhando Direito alcança Organizações Sociais e seus públicos possibilitando que voluntários realizem ações  levando conhecimento sobre direitos a partir de  diversos temas como: Direito de Família, Direito do Trabalho, Direito do Refugiado, Direito da Mulher e Diversidade Étnico-Racial. 

Logo no dia 06 de março as ações aconteceram no Rio de Janeiro. Contamos com a participação de 15 voluntários e tivemos 71 pessoas impactadas. Conseguimos atender três Organizações Sociais parceiras.  Entre elas a Escola de Arte Spanta, que utiliza a arte para a criação de espaços socioculturais que possibilitam novos caminhos às crianças, jovens e adolescentes.  A Associação Espaço Pequeno Cidadão (AEPEC)  que atende crianças e adolescentes vulneráveis e a M4 Nas Escolas que promove transformação social através do esporte. 

Sobre essa experiência de troca e transformação, a Dra. Lis Amaral comenta que “foi uma experiência emocionante. São tantos sentimentos que se misturam. É uma doação de tempo que pode salvar vidas e mudar o destino de muitas mulheres. É uma experiência pela qual todas as pessoas deveriam passar”.

No dia 12 de março, contamos com a participação de 4 voluntárias que realizaram ações em Pernambuco, atendendo os alunos da Organização Social Coque Connecta que tem como missão levar aos jovens e adolescentes educação de qualidade e habilidades socioemocionais.  A Dra. Thais Sulzbach, que liderou a ação, ressalta “esse tipo de trabalho é maravilhoso, temos que doar um pouco de nós; levar amor e conhecimento é um grande prazer e uma sensação de bem estar-social”.

Encerrando as atividades do mês da mulher, na capital de Minas Gerais, as ações aconteceram no dia 30 de março  junto a Associação Adolescer que atende crianças e adolescentes em comunidades vulneráveis. Contamos com duas voluntárias que atenderam as famílias que participam da OSC. 

O projeto Compartilhando Direito é aberto para as Organizações Sociais que estejam alinhadas à missão do INW. Nós acreditamos  no poder transformador da Educação e do Direito para a vida em sociedade com mais equidade de gênero e com  respeito às diversidades. 

“Falar dos direitos das mulheres, dos nossos direitos, sobretudo nesse momento da pandemia em que a violência aumentou consideravelmente, é possibilitar com que mais mulheres possam romper com o ciclo da violência, se fortaleçam mutuamente e construam uma rede empática e com sororidade. O convite que sempre faço para nós mulheres é colocarmos todo o nosso potencial para transformar a sociedade numa comunidade mais justa e equitativa”, ressalta Anne Wilians, Presidente do INW.  

Tags: